sexta-feira, 10 de julho de 2015

Seu rascunho



Fiz seu rascunho em meus poemas. 
Escutei sua voz nos meus sonhos, quantos segredos você é capaz de guardar? 
Te desenhei no caderno de ciências. 
Te amarei nos meus pensamentos, você não é capaz de se soltar? 
Te matei no meu coração mas ainda te beijo na minha imaginação.
Onde esta a razão? 


Escrito por Daniella Alessandra, 10/07/2015